quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Ex-prefeito de São Gonçalo é preso por suspeita de fraude em licitação

Neilton Mulin foi preso em sua casa em Maricá. A ação cumpre 
11 mandados de prisão contra políticos e empresários de São Gonçalo.


O DIA

Rio - O ex-prefeito de São Gonçalo Neilton Mulin foi preso em Maricá, na manhã desta quinta-feira, durante uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado e da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI), ambos do Ministério Público do Rio (MPRJ), além da Polícia Militar e da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário do Estado do Rio de Janeiro (Sispen/Seap). A ação cumpre 11 mandados de prisão contra políticos e empresários de São Gonçalo suspeitos de fraude em licitação. Os mandados foram concedidos pela juíza Myriam Therezinha Simen Rangel Cury, da 5ª Vara Criminal de São Gonçalo. A operação também cumpre 26 mandados de busca e apreensão nas residências e escritórios dos denunciados. Até o início desta manhã, 10 dos 11 alvos já haviam sido presos, incluindo o ex-prefeito.

O grupo é acusado de irregularidades no processo de licitação para a contratação por parte do município da empresa Compillar Entretenimento Prestadora de Serviços Eireli. O contrato foi feito para fornecimento de uma gestão informatizada de manutenção da iluminação pública, no valor de R$ 15.500.000,00. O acordo, de 12 meses, foi renovado por duas vezes.

http://odia.ig.com.br