segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Após suspeita de ameaças, juiz que enviou Cabral para Bangu pede escolta


Juiz Marcelo Bretas. Foto: Marcos Arcoverde/Estadão.
Jornal do Brasil

Responsável por alguns dos processos da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro e por determinar a prisão do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e de sua mulher, Adriana Ancelmo, o juiz Marcelo Bretas solicitou escolta do Tribunal Regional Federal, após suspeita de ameaças. Há alguns dias, um homem esteve na cantina do tribunal onde fica a 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro e tentou obter informações sobre a rotina de Bretas. Em outra ocasião, outro homem esteve no prédio onde o juiz mora para fazer perguntas sobre seus horários de saída e chegada, segundo o colunista Lauro Jardim. As suspeitas chegaram ao tribunal, que informou o juiz sobre os fatos. A partir de agora, Bretas tem escolta policial, além de monitoramento da Polícia Federal sobre possíveis ameaças.

http://www.jb.com.br