quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Adolescente desaparece em Del Castilho após sair para comprar refrigerante

Ela foi vista pela última vez na segunda-feira. Segundo a família, a jovem 
entrou em contato duas vezes com a mãe e disse que está correndo perigo.


Adolescente desapareceu em Del Castilho na última segunda-feira.
GABRIELA MATTOS

Rio - Uma adolescente, de 14 anos, está desaparecida desde segunda-feira, em Del Castilho, Zona Norte. A família contou que Emilly Bittencourt da Silva saiu para comprar um refrigerante em um bar perto de sua casa, na Rua Bamboré, mas não foi mais vista. Segundo o pai da menina, Alex da Silva, ela não chegou nem a ir ao estabelecimento. "Já fomos procurá-la no bar, mas nos disseram que ela não passou por lá. Recebemos informações de que ela comprou uma água de coco na Avenida Dom Helder Câmara naquele dia, mas estaria desacompanhada", lembrou Alex, que tem outros dois filhos, de 17 e 20 anos. O pai explicou que a filha respeita os parentes, não é "rebelde" e é estudiosa. "Não sei o que pode ter acontecido. Sempre costumamos conversar com ela, além de orientá-la", lamentou. Mesmo com a greve dos policiais civis, a família conseguiu registrar o caso na Cidade da Polícia na quarta-feira. O pai disse ainda que Emilly ligou para o celular da mãe duas vezes com um número restrito. "Ela pediu para a mãe tirar todas as fotos do Facebook, porque está correndo perigo. A minha filha disse ainda que nós [os parentes] podemos estar correndo perigo. Pedi para a Polícia Civil rastrear o número, mas ainda não fizeram isso. Os policiais disseram que essa medida só pode ser tomada em casos graves. Mas já acredito que seja uma situação extrema", afirmou o pai da adolescente.

Já o namorado de Emilly, Thiago Castro, destacou que a jovem escreveu uma mensagem para ele no Facebook dizendo que ia sair. "Mas ela não quis me dizer para onde ia. Ela não costumava sair muito de casa", acrescentou o rapaz de 21 anos. De acordo com Alex, o casal tinha mais contato pela Internet e não se viam muito pessoalmente. A Polícia Civil está investigando o caso, mas, até a publicação desta reportagem, ainda não havia dado mais informações sobre o caso. Quem tiver detalhes sobre o desaparecimento de Emilly Bittencourt da Silva pode ligar para os telefones da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA): (21) 2202-0038 ou 2582-7129.

http://odia.ig.com.br/