domingo, 19 de junho de 2016

Menino de 4 anos morre ao dar tiro acidental na cabeça

Criança brincava com arma encontrada na casa 
de amigo da família quando efetuou o disparo.


Imagem iustrativa
ANSA


EUA - Uma criança de quatro anos morreu após ter atirado acidentalmente em sua própria cabeça enquanto brincava com arma encontrada na casa de um amigo da família. Segundo a primeira reconstrução do episódio, o menino teria disparado a arma enquanto a mãe estava no jardim da casa, em Elgin, no estado norte-americano de Iowa. Além da vítima, outras duas crianças e dois adultos estavam no local. O menino foi encaminhado para um hospital em West Union, mas não resistiu ao ferimento. O cherife do condado de Fayette confirmou que a arma era legalizada e estava no nome do dono da casa, que não estava no local no momento do disparo. Vale lembrar que o estado de Iowa autorizou, em fevereiro deste ano, que crianças de todas as idades tenham direito a utilizar armas de fogo sob supervisão dos pais. O caso acontece cerca de uma semana depois do massacre que matou 49 pessoas em uma boate gay de Orlando, na Flórida, e joga mais combustível no já inflamado debate sobre o porte de armas de fogo nos Estados Unidos.

Neste sábado, o presidente Barack Obama afirmou que "não há mais desculpas" para não aumentar o controle sobre a venda de armamentos, ideia que é rechaçada categoricamente pelos republicanos, que são maioria no Congresso. "Devemos tornar mais difícil que armas de assalto cheguem às mãos de quem quer assassinar americanos. Devemos explicar aos nossos filhos os riscos que as armas põem sobre a comunidade. O status quo não faz sentido", disse Obama.

http://odia.ig.com.br/