segunda-feira, 6 de junho de 2016

Governo interino de Michel Temer corre o risco de sofrer outra baixa

Advogado-geral, Fábio Osório pode ser o 
terceiro a ser defenestrado em menos de um mês.


Advogado-geral, Fábio Osório pode ser o 
terceiro a ser defenestrado em menos de um mês.
O DIA

Brasília - O governo interino de Michel Temer corre o risco de sofrer nova baixa esta semana. A situação do advogado-geral da União, Fábio Medina Osório, é considera “crítica” pelos aliados. Se cair, ele será o terceiro auxiliar importante do presidente em exercício a perder o cargo no novo governo. Fábio Osório criou inúmeros embaraços para o Planalto. Ele está sendo responsabilizado por ter usado uma “estratégia errada” no caso da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), cuja presidência foi devolvida a Ricardo Melo, nomeado para o cargo pela presidente afastada Dilma Rousseff.

O nome de Fábio também foi envolvido numa polêmica com a Força Aérea Brasileira (FAB). Ele teria exigido que um avião da FAB o transportasse a Curitiba para participar de homenagem ao juiz responsável pela Lava Jato, Sérgio Moro. Mas, como seu cargo não tem mais status de ministro, ele não poderia usar aeronaves da Aeronáutica. Mesmo assim, ele teria batido o pé e viajado com dois assessores e um procurador. Neste domingo, a FAB divulgou dizendo que o voo que transportou Fábio para a cidade de Curitiba, em 1º de junho, “seguiu todos os procedimentos formais e legais”.

http://odia.ig.com.br/