sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Neymar é denunciado por sonegação e falsidade ideológica

MPF também indiciou o pai do jogador e dois dirigentes do Barcelona.


O Atacante Neymar foi denunciado pelo Ministério Público Federal pelos crimes de sonegação fiscal e falsidade ideológica, com penas previstas de até cinco anos de prisão. O pai do jogador, o ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell e o atual mandatário, Josep Maria Bartomeu, também foram denunciados pelas mesmas infrações. Segundo a "Veja", o processo corre em segredo de Justiça, que analisará o pedido e decidirá se os quatro serão transformados em réus. O jogador é acusado de receber a maior parte de seus vencimentos por empresas que só existiam no papel, para pagar menos impostos. A Justiça também encontrou indícios de falsificação de, ao menos, 15 contratos. Quando eles foram assinados, as empresas do camisa 11 do Barcelona ainda não existiam, porém seus CNPJs constam dos documentos. Segundo a Procuradoria, isso indica que os papéis tenham sido alterados.

A Receita Federal também teria multado o brasileiro por não ter declarado os valores, o que os advogados do craque contestam. Em 2015, a Justiça autorizou o bloqueio de mais de R$ 180.000.000,00 por dolo, fraude e simulação de operações por tentar enganar o Fisco e sonegar impostos.

http://esportes.terra.com.br/