quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Frente fria traz chuva e ventania para o RJ

Mudança no tempo começa nesta quinta-feira.


Portal Terra

A passagem de uma frente fria vai causar grandes mudanças no tempo sobre o estado do Rio de Janeiro nos próximos dias. Além da chuva e da queda da temperatura, a população deve ficar atenta para ventania e mar muito agitado. Na quinta-feira, o sol ainda vai predominar no estado do Rio de Janeiro, com sensação de calor na maior parte do dia. As cidades serranas amanhecem frias. A aproximação da frente fria aumenta a intensidade dos ventos e algumas rajadas com até 60 km/h podem ocorrer especialmente a partir do fim da tarde. É também no fim da tarde e à noite que esta frente fria poderá provocar algumas pancadas de chuva no Sul Fluminense e no Grande Rio , mas que ão devem ser fortes e nem de forma generalizada. A chuva mais persistente e a queda da temperatura serão sentidas na sexta-feira e no sábado. Veja como vai ficar a temperatura na cidade do Rio de Janeiro.

Ventania
As condições do tempo na sexta-feira, 4, e no sábado, 5 , preocupam especialmente nas áreas litorâneas, incluindo o Grande Rio. O deslocamento de uma área de baixa pressão atmosférica pela costa de São Paulo e do Rio de Janeiro vai fazer com que o os ventos fiquem mais fortes e constantes. Algumas rajadas podem chegar aos 80 km/h e o mar fica muito agitado.

Chuva volumosa
A presença desta baixa pressão vai fazer com que ventos das direções sudoeste e sul soprem moderados a fortes sobre o Rio de Janeiro por mais de 24 horas. São ventos marítimos e estas direções são as que injetam a maior carga de umidade sobre o centro-sul fluminense . No caso do Grande Rio, os ventos de sudoeste e sul vão manter a atmosfera muito úmida, o que vai facilitar a formação da nebulosidade e da chuva. A situação é preocupante porque, como já aconteceu outras vezes, a combinação desta grande entrada de umidade do mar, por várias horas consecutivas, com as condições do relevo do Grande Rio gera áreas chuva persistente . As regiões de encosta naturalmente ficam mais sujeitas à chuva volumosa, mas não se pode descartar a possibilidade da chuva causar problemas em diversas áreas da capital e do Grande Rio especialmente entre a tarde da sexta-feira, 4, e a tarde do dia 5 de agosto. As condições para chuva e os ventos diminuem muito no domingo, pois a baixa pressão atmosférica se afasta do litoral do Rio de Janeiro

Risco de ressaca
Não se pode descartar a chance de ressaca entre a manhã do dia 4 a manhã e do dia 5 de agosto , com de 2,5 m a 3,0m. As ondas devem diminui no decorrer da tarde do sábado, mas o mar só deve voltar ao normal durante o domingo.

http://www.jb.com.br