terça-feira, 2 de maio de 2017

Uber começa a aceitar cartão de débito.

Nova modalidade de pagamento também dispensa uso da "maquininha".


Dez meses após passar a aceitar dinheiro, o aplicativo Uber anunciou nesta terça-feira (02/05) que passa a aceitar a opção de cartão de débito como pagamento em todas as viagens no Brasil. O débito funciona da mesma forma que o crédito: não é necessário usar a máquina de cartão. O cliente entra, faz a viagem e sai sem precisar mostrar cartão ou digitar senhas. A tecnologia começou a ser desenvolvida há cerca de um ano em parceria com instituições do setor de meio de pagamentos, segundo comunicado da Uber. "Há dez meses, a Uber começou a aceitar pagamento em dinheiro e viu o número de viagens aumentar principalmente nas periferias. E a nossa expectativa é que esse processo de crescimento continue", disse Guilherme Telles, diretor-geral da Uber no Brasil. Não foram poucos os casos, porém, de assaltos contra motoristas que aceitavam dinheiro e são numerosos os depoimentos de funcionários que temem aceitar corrida com pagamento que não seja de crédito – que dispensa o uso de dinheiro em espécie.

De início, o pagamento com débito direto no aplicativo estará disponível para clientes do Banco do Brasil e Bradesco com cartões de bandeira Visa e para clientes do Santander, com cartões de bandeira Mastercard​. Nos cartões múltiplos, o usuário poderá optar por pagar no débito ou no crédito. A Uber não informou quando o pagamento em débito poderá ser feito com outros bancos.

Segundo a empresa, a nova opção de pagamento deve aparecer no aplicativo ao longo desta semana. Quem não tem cartão cadastrado precisa fazê-lo para ter acesso à nova opção de pagamento. Quem já usa um cartão de crédito poderá selecionar a alternativa débito a partir de agora. Segundo a Uber, "nada muda", para os motoristas.

http://epocanegocios.globo.com