quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Conta de luz: Veja medidas que fazem consumo de energia cair até 40%

Mesmo com o calor do verão carioca, é possível usar ar-condicionado 
sem levar susto no fim do mês com o valor da cobrança.


Juliana Camelo priorizou a compra de aparelhos com selo econômico 
para baixar o consumo da conta de luz da sua casa as altas temperaturas.
O DIA

Rio - Com os termômetros marcando altas temperaturas, no Rio, é praticamente impossível não ligar o ventilador. Mas nem sempre apenas o vento do aparelho é suficiente para amenizar o calor e a saída é usar o ar-condicionado. Essa alternativa, apesar de afastar quentura e deixar o ambiente agradável, provoca uma dor de cabeça no fim do mês: o valor da conta de luz vai às alturas. Mas com algumas dicas é possível economizar, mesmo no verão. “O consumo de energia pode cair entre 30% e 40% apenas com a mudança de comportamento e tomando algumas medidas dentro de casa”, explica o coordenador de Planejamento e Gestão de Eficiência Energética da Light, Antônio Raad. Ele garante que se o consumidor cumprir três etapas relacionadas ao uso do ar-condicionado, por exemplo, a redução chega a 15% no valor da conta mensal. Utilizar o timer (temporizador) do aparelho para programar o desligamento antes de sair de casa ou de acordar todos os dias é uma uma das dicas. “Com isso a temperatura se mantém ideal e a economia é de 15 horas de uso”, diz.

Outra medida é aumentar a temperatura do ar de 18° para 23°. Por último, mas não menos importante que as outras, é limpar o filtro do aparelho para melhorar sua eficiência, evitando que ele consuma mais. Não só no período do verão, o uso do chuveiro elétrico deve ser observado. Colocar a chave seletora no modo verão e reduzir o tempo do banho pela metade, diminui os gastos com energia em 20%. Outra dica para economia são os aparelhos eletroeletrônicos: eles devem ficar fora da tomada. Isso porque, em média, 10% da energia consumida em casa é gasta por aparelhos em stand by.

Na casa da blogueira Juliana Camelo, de 24 anos, a tática para economizar foi comprar aparelhos eletrônicos com selo econômico. “Em relação à minha família, vejo que minha conta vem com preço mais acessível. Uso o ar todo dia, depois que optei pelo Split econômico, senti diferença de 20% no valor da conta”, diz.

http://odia.ig.com.br/