terça-feira, 20 de setembro de 2016

Família de Schumacher processa revista alemã

Publicação é alvo na Justiça após notícia sobre quadro de saúde.


Schumacher sofreu grave acidente em 2013.
O DIA

Alemanha - Desde dezembro de 2013, quando sofreu grave acidente que quase lhe custou a vida, Michael Schumacher saiu de cena, mas seu nome vive no noticiário. A família do heptacampeão mundial de F-1 está processando a revista alemã ‘Bunte’, que, em dezembro do ano passado, veiculou a notícia de que o piloto estaria caminhando e levantando um dos braços. O advogado de Schumi, Felix Damm, negou a informação e disse que seu cliente não consegue se levantar nem mesmo com a ajuda de seus fisioterapeutas. “A situação dele é tão complicada que não podemos revelar nada, infelizmente. É preciso que todos compreendam. Qualquer tipo de especulação é irresponsável, porque isso traz graves problemas aos familiares. Neste momento, a privacidade é muito importante para Michael e todos que o cercam”, disse Sabine Kehm, porta-voz de Schumacher, ao jornal alemão Kolner Express.

DANOS MORAIS
A família do piloto está processando a ‘Bunte’ por difamação e danos morais. Felix Damm não revelou o valor do pedido de indenização. A Justiça alemã ainda não marcou uma audiência para o caso.

Michael Schumacher sofreu um acidente enquanto esquiava nos Alpes franceses, no dia 29 dezembro de 2013. Ele perdeu o equilíbrio e bateu com a cabeça em uma pedra. Com lesões cerebrais gravíssimas, ficou em coma induzido por oito meses e depois foi deslocado para casa de inverno da família, na cidade de Gland, na Suíça. Desde então, poucas pessoas têm contato com o ex-piloto e seu verdadeiro estado de saúde é uma incógnita.

http://odia.ig.com.br/