sábado, 6 de agosto de 2016

Delação da Odebrecht pode envolver Temer, diz revista


Michel Temer: presidente interino pode ser 
envolvido em delação de executivos da Odebrecht.
Victor Caputo,
de EXAME.com

São Paulo - A delação premiada de executivos da Odebrecht pode citar o presidente interino Michel Temer. A informação foi publicada por Veja em sua edição desta semana. De acordo com a revista, a delação pode incluir a informação de que Michel Temer participou de uma reunião na qual pedia apoio financeiro a seu partido, o PMDB. O pedido teria resultado em um repasse de R$ 10.000.000,00 em dinheiro vivo.

Veja afirma que a Odebrecht incluiu a doação em seu "caixa paralelo". A reunião teria acontecido em maio de 2014 no Palácio Jaburu, que é a residência oficial do vice-presidente brasileiro. A reunião teria contado com a presença de Marcelo Odebrecht. Além de Temer, estava também Eliseu Padilha, atual ministro-chefe da Casa Civil. Padilha, aliás, teria sido o destinatário de R$ 4.000.000,00. Os outros R$ 6.000.000,00 teriam ido para a campanha de Paulo Skaf pelo governo de São Paulo.

Veja afirma que Temer confirmou o encontro com Marcelo Odebrecht. A pauta da conversa, segundo o presidente interino foi “sobre auxílio financeiro da construtora Odebrecht a campanhas eleitorais do PMDB, em absoluto acordo com a legislação eleitoral em vigor e conforme foi depois declarado ao Tribunal Superior Eleitoral”.

http://exame.abril.com.br/