segunda-feira, 18 de julho de 2016

Homem tentou reatar namoro antes de esfaquear mulher no Estácio

Assassino já havia esfaqueado outra 
ex-namorada no Morro do Chapadão.


Ele confessou que tentou reatar o namoro, mas 
diante da negativa da vítima cometeu o crime.
PALOMA SAVEDRA

Rio - Imagens de câmeras de segurança mostram o assassino de Christiane de Souza, de 46 anos, conversando com a vítima segundos antes de matá-la a facadas na frente da filha de 7 anos, no Estácio. Na manhã de domingo, o delegado titular da Divisão de Homicídios Fábio Cardoso informou que Rojelson Santos Baptista, de 36 anos, foi ex-namorado de Christiane por três anos. Ele confessou que tentou reatar o namoro, mas diante da negativa da vítima cometeu o crime. "Ele foi com o objetivo de matar, pois ninguém anda armado com uma faca pela rua. Foi um crime premeditado", disse Cardoso.

O acusado foi preso no final da tarde de sábado após ter sido linchado por populares na Rua Paulo de Frontin, no Rio Comprido, na Zona Norte. Ele foi levado para a delegacia e confessou o crime após negativas. A Justiça decretou a prisão temporária de 30 dias do acusado, que vai responder por homicídio triplamente qualificado. Ainda de acordo com a polícia, ele sabia de todos os hábitos da vítima e esperou Christiane sair do mercado para abordá-la.

Acusado já havia esfaqueado uma ex-namorada em 2012
De acordo com o delegado, em março de 2012, Rogelson esfaqueou uma ex-namorada também no pescoço, na comunidade do Chapadão, na Zona Norte do Rio. O caso foi registrado na 39ª DP (Pavuna). Desde quinta-feira a Divisão de Homicídios fazia diligências à procura de imagens que comprovavam quem esfaqueou Christiane. Denúncias anônimas levaram a polícia à Rua Paulo de Frontin, onde Rojelson estava sendo linchado. O acusado foi preso no final da tarde de sábado, mas antes foi espancado por populares que o apontavam como o autor do crime que chocou o Rio de Janeiro. Ele foi levado sob custódia para o hospital Souza Aguiar e em seguida encaminhado para a delegacia.



http://odia.ig.com.br/