terça-feira, 28 de junho de 2016

Ônibus é incendiado e clima fica tenso na Ilha do Governador, Rio

Protesto seria contra ação da polícia para retirada de 
barricadas. Estrada do Galeão chegou a ser interditada.


Do G1 Rio

Um ônibus foi incendiado na Estrada do Galeão, Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, na tarde desta terça-feira (28), durante um protesto contra uma ação da polícia, em conjunto com a prefeitura, para retirada de barricadas e construções irregulares na Vila Joaniza. O clima era muito tenso no local por volta das 15:00hs. Pneus e lixo também foram queimados na Estrada Tubiacanga-Canárias. O policiamento foi reforçado no local. De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura, a Estrada do Galeão foi interditada às 14:24hs., no sentido Linha Vermelha, na altura da Av. Vinte de Janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, não havia vítimas. “Meu pai trabalha ali do lado, que tinham e disse que umas 15 pessoas armadas com fuzil incendiaram o ônibus. Minha mãe está desesperada em casa porque um tiro acertou a casa da minha vizinha”, contou uma moradora, sem se identificar. Por volta das 15:45hs., a Estrada do Galeão foi totalmente liberada. Equipes dos Bombeiros, da Polícia Militar, da CET-Rio e da Guarda Municipal estiveram no local. Havia retenção na região.

27 ônibus destruídos em 2016
A Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) manifestou seu repúdio pelo ataque ao ônibus. O incêndio a um veículo da linha 323 (Bananal x Castelo) aconteceu próximo à Estrada das Canárias, por volta das 14:00hs. Somente este ano, 27 ônibus foram destruídos em atos criminosos - o custo de reposição chega a mais de R$ 10.000.000,00.

http://g1.globo.com/