quinta-feira, 2 de junho de 2016

Museu do Louvre vai fechar para retirar obras por risco de inundação

Direção teme aumento do nível do Rio Sena. 
Parte do acervo será levada para andares superiores.


Inundação coloca museus que ficam às margens do rio Sena em alerta vermelho.
Da AFP

O museu do Louvre, em Paris, fechará na sexta-feira (3) para poder retirar "de forma preventiva" as obras conservadas nos depósitos, ameaçadas diante do aumento do nível do Rio Sena, anunciou sua direção nesta quinta-feira. "O objetivo é colocar a salvo as obras conservadas nas zonas inundáveis, deslocando-as aos andares superiores", disse o Louvre, que está sob "alerta geral de inundação". O Louvre é o museu mais frequentado do mundo, com cerca de 9 milhões de visitantes por ano. O aumento do nível do Sena é consequência das fortes chuvas na parte norte da França nos últimos dias, que também provocaram a inundação do cais em ambas as margens do rio em Paris, a interrupção do transporte fluvial e o bloqueio de uma linha de trem regional que atravessa a capital francesa.


Museu do Louvre, em Paris.

O museu de Orsay cancelou sua abertura noturna nesta quinta-feira devido a um "plano de proteção". O rio está 5 metros acima de seu nível habitual. O ponto máximo da cheia é esperado para sexta-feira, segundo Bruno Janet, responsável pelo serviço de previsão de enchentes. "Estaremos muito distantes da cheia de 1910, quando estávamos a 8,60 metros" e as ruas de Paris se inundaram. Também "devemos ficar abaixo" da enchente de 1982 (6,15 metros), disse.

http://g1.globo.com/