quarta-feira, 15 de junho de 2016

Mãe procura filho de cinco anos que foi sequestrado pelo pai

Menino foi levado do Rio para Brasília e não voltou mais.


Felippe foi levado pela tia para passar o Natal e desapareceu.
DIEGO VALDEVINO

Rio - “Estou desesperada. Sequestraram meu filho. Quero ele de volta”. O desabafo é da administradora Andrea Garbatti, de 46 anos, mãe de Fellipe Garbatti, de 5. Ela afirma que o menino foi levado há cinco meses pelo pai, Yuri de Sá Guimarães Pereira, 43, que é foragido da Justiça. De acordo com o Tribunal de Justiça, no dia 4 de maio, foi decretada a prisão temporária por cárcere privado contra Yuri. A criança foi levada para Brasília, para passar o Natal com a família do pai e não voltou mais. O caso foi registrado na 124ª DP (Saquarema). "No dia 20 de dezembro a irmã do Yuri veio aqui no Rio e pegou o Fellipe para passar o Natal com eles. Em janeiro, pedi para trazer meu filho de volta e se recusaram. No dia 16 de fevereiro minha guarda foi renovada. Já no dia 5 de maio ele fugiu com o Fellipe da casa da mãe dele, oficializando o sequestro”, lembrou Andrea.

Os pais de Fellipe, Andrea e Yuri, mantiveram um relacionamento de três anos e se separaram quando ele ainda era bebê, em 2011. Segundo Andrea, o ex-marido é uma pessoa ‘violenta e agressiva’ e, em 2014, ela precisou procurar a polícia para conseguir mantê-lo longe, por meio da Lei Maria da Penha. “Registrei uma ameaça contra ele”, conta a mãe. Ainda segundo o TJ, o caso segue em segredo de justiça.

http://odia.ig.com.br/