sexta-feira, 17 de junho de 2016

Após 5 anos, sonda Juno vai sobrevoar Júpiter a partir julho

Movida a energia solar, ela vai explorar o maior planeta do sistema solar. Sonda vai efetuar uma série de voos a menos de 5 mil km durante 16 meses.


Da France Presse

Cinco anos após seu lançamento, a sonda Juno deve entrar na órbita de Júpiter em 5 de julho, como era previsto, para explorar mistérios do maior planeta do sistema solar, informou a Nasa nesta quinta-feira (17). A sonda, de quatro toneladas, é movida por energia solar, se encontra atualmente a menos de 14 milhões de quilômetros de seu destino e efetuará uma série de voos a 4.667 km da espessa camada nublada do planeta gasoso, durante uma missão científica que durará 16 meses.

Os voos da Juno superarão o recorde de aproximação de Júpiter, que é de 43.000 km, estabelecido pela sonda americana Pioneer 11 em 1974. Durante os voos, os instrumentos da sonda penetrarão na espessa camada nublada de Júpiter para estudar as origens do planeta, suas estruturas, atmosfera e magnetosfera.

http://g1.globo.com/