quinta-feira, 12 de maio de 2016

Temer divulga lista oficial de ministros

A assessoria do presidente em exercício divulgou 
uma lista com os 22 ministérios do governo.


Michel Temer é oficialmente o presidente em exercício do Brasil.
Da Agência Brasil

O presidente em exercício Michel Temer já escolheu sua equipe de governo. No total, serão 22 ministérios, segundo divulgou a assessoria de imprensa da Vice-Presidência. O Ministério da Cultura, por exemplo, será incorporado ao Ministério da Educação. O até então vice-presidente foi notificado há poucos minutos pelo 1º secretário do Senado, senador Vicentinho Alves (PR-TO), que levou o mandado de notificação assinado pelo presidente da Casa, Renan Calheiros, à residência oficial da Vice-Presidência, o Palácio do Jaburu. O comunicado informa a instauração do processo de impedimento por crime de responsabilidade da presidente Dilma Rousseff e diz que, em função disso, o vice deve assumir imediata e interinamente a Presidência da República nos termos do artigo 79 da Carta Magna Brasileira.

Em seu primeiro discurso como presidente afastada, Dilma disse que "vai lutar até o fim". Cercada por ex-ministros dela e parlamentares, ela voltou a dizer que o processo de impeachment é um “golpe” e uma “farsa jurídica”.

Dilma prometeu que continuará a se defender.
— Vou lutar com todos os instrumentos legais de que disponho para exercer o meu mandato até o fim, até o dia 31 de dezembro de 2018.

Abaixo, a lista dos novos ministros:

- Gilberto Kassab, ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações
- Raul Jungmann, ministro da Defesa
- Romero Jucá, Planejamento, Desenvolvimento e Gestão
- Geddel Vieira Lima, ministro-chefe da Secretaria de Governo
- Marcos Pereira, ministério da Indústria e Comércio
- Sérgio Etchegoyen, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional
- Bruno Araújo, ministro das Cidades
- Blairo Maggi, ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
- Henrique Meirelles, ministro da Fazenda
- Mendonça Filho, ministro da Educação e Cultura
- Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil
- Osmar Terra, ministro do Desenvolvimento Social e Agrário
- Leonardo Picciani, ministro do Esporte
- Ricardo Barros, ministro da Saúde
- José Sarney Filho, ministro do Meio Ambiente
- Henrique Alves, ministro do Turismo
- José Serra, ministro das Relações Exteriores
- Ronaldo Nogueira de Oliveira, ministro do Trabalho
- Alexandre de Moraes, ministro da Justiça e Cidadania
- Mauricio Quintella, ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil
- Fabiano Augusto Martins Silveira, ministro da Fiscalização, Transparência e Controle (ex-CGU)
- Fábio Osório Medina, AGU

http://noticias.r7.com/