domingo, 15 de maio de 2016

Em 6 anos, Brasil perde quase uma Argentina de consumo. Setor automotivo em queda


por Equipe do site

O aumento de inflação e desemprego e a redução da renda devem causar pelo segundo ano seguido queda no consumo das famílias, mostra a primeira reportagem da série Desafios do Brasil. A expectativa para 2016 é de que o total de gastos com produtos e serviços totalize R$ 3.900.000.000.000,00 e retorne ao nível de 2010, segundo a consultoria IPC Marketing. Se a previsão se confirmar, em seis anos o mercado de consumo terá perdido em termos reais R$ 1.600.000.000.000,00  (ou US$ 468.200.000.000,00), quase o PIB da Argentina de 2014 (US$ 537.700.000.000,00, segundo o Banco Mundial). Embora o consumo das famílias se equipare neste ano ao de 2010, o estudo mostra que, de 22 categorias de gastos analisadas, 16 estão abaixo da média de seis anos atrás. Entre elas, despesas com vestuário, saúde e mensalidades escolares.

Setor automotivo em queda
Após nove anos de crescimento, o mercado de carros novos freou em 2013 e, desde então, só retraiu. Neste ano, o setor deve retroceder ao patamar de dez anos atrás. ( O Estado de São Paulo)

http://felipevieira.com.br/