domingo, 7 de fevereiro de 2016

Enxuto testa caixa self-service inédito na região.

A tecnologia é pioneira na região, mas já funciona 
em países como Estados Unidos e Canadá.
Por Bruno Bacchetti

O supermercado Enxuto será o primeiro da Região Metropolitana de Campinas (RMC) a adotar caixas de autoatendimento, no qual o próprio consumidor passa as suas compras por um leitor de código de barras e efetua o pagamento com cartão de débito ou crédito. A medida começa a funcionar nesta segunda-feira (7), a partir das 10:00hs. A princípio foram instalados seis caixas de autoatendimento, que poderão ser ampliados dependendo da demanda do serviço. A tecnologia é pioneira na região, mas já funciona em países como Estados Unidos e Canadá.

O caixa de autoatendimento é limitado para compras com no máximo 15 produtos. Ao colocar a compra na sacolinha plástica, um sensor que confere se o produto depositado é o mesmo que passou pelo leitor. No caso de frutas e legumes, a pesagem é feita em outra máquina por um funcionário do Enxuto. Em caso de dúvidas, basta o consumidor apertar um botão para acionar um atendente. Para ensinar os clientes a operar a máquina, o supermercado deixará dois funcionários no setor. “Instalamos o caixa pensando no cliente que precisa de uma parada rápida. Ele terá um monitor com leitor de código de barras para passar o produto, coloca na sacola e insere o cartão para realizar o pagamento. A gente quer agilizar o atendimento o máximo possível para atender a esse público”, explicou Márcio Sandolin, gerente de marketing do Enxuto. Segundo Sandolin, o supermercado não cogita a hipótese de eliminar os caixas tradicionais e deixar apenas os caixas de autoatendimento. “Não temos a ideia de tirar o caixa convencional, pelo contrário, tanto que adicionamos mais caixas recentemente porque tem um público que busca praticidade”, completou. O gerente de marketing do Enxuto não acredita que consumidores vão tentar burlar o sistema. Mesmo assim, garante que a segurança é total. “Tenho certeza que é uma minoria absoluta de mal intencionados. Mas se tiver é mais fácil ocorrer um furto dentro da loja do que no caixa de autoatendimento, que tem câmeras e pessoas auxiliando.”

O gerente de marketing do Enxuto não acredita que
 consumidores vão tentar burlar o sistema
Aprovação
A medida agradou em cheio aos consumidores do supermercado. A analista de Recursos Humanos Gisele Ormeleze, de 36 anos, aprovou a novidade e acredita que o caixa de autoatendimento vai agilizar a vida de quem precisa fazer uma compra pequena. “Com certeza vai diminuir as filas e será mais rápido, porque às vezes a gente vem comprar pouca coisa e tem que esperar bastante. Nunca vi o sistema, mas sei que funciona em alguns lugares fora do País. É uma boa iniciativa e super aprovo”, afirmou. O aposentado Eli Rodrigues, de 65 anos, também mostrou simpatia com a novidade e apontou a necessidade de todos os estabelecimentos em se modernizar. “Na Europa isso já existe e é bem funcional. Vale a pena, é sempre bom se modernizar e com certeza vou usar. Facilita muito para o cliente”, disse o aposentado, que não vê problemas no caixa não aceitar o pagamento em dinheiro. “Hoje todo mundo já se habituou a pagar com cartão”, disse.

Escrito por:
Bruno Bacchetti
http://correio.rac.com.br