sábado, 6 de fevereiro de 2016

Barragem de lagoa de mineração rompe e lança resíduos no Paraíba

Resíduos são de extração de areia em cava próxima ao rio, em Jacareí. Mineradora fazia despejo irregular em lagoa de outra empresa.


Do G1 Vale do Paraíba e Região

O rompimento da barragem de uma lagoa de mineração lança, desde a manhã da sexta-feira (5), resíduos de extração de areia no Rio Paraíba, em Jacareí (SP). Preliminarmente a Agência Ambiental de São Paulo (Cetesb) constatou aumento na turbidez da água do manancial. Amostras de água foram coletadas por técnicos da agência para avaliar os danos ao meio ambiente. De acordo com o órgão, a mineradora Rolando Comércio de Areia fazia as atividades de extração no Vale do Paraíba normalmente na manhã da sexta, em uma cava próxima ao rio, no bairro Parque Meia Lua. Na ocasião, a empresa lançava, irregularmente, os rejeitos do tratamento de areia na lagoa da Mineração Meia Lua 1, empresa que está com as atividades paralisadas, em processo de renovação de licença.

Com o lançamento não autorizado, houve elevação do nível da lagoa, o que acabou por provocar o rompimento da barragem, instalada entre a lagoa e o rio. Ninguém ficou ferido. Por volta das 19:30hs., da sexta, funcionários da mineradora trabalhavam no local para tentar conter o vazamento. 

Ainda não há uma estimativa da quantidade de resíduos vazados.
Apesar de provocar alteração na qualidade da água do Paraíba do Sul, que abastece São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, não foi constatada até a sexta-feira mortandade de peixes no local. A Cetesb informou que após a análise da amostra da água lançada no Paraíba e, com base no que foi apurado no local, vai avaliar a penalização cabível à Rolando Comércio de Areia.

Sabesp
A Companhia de Saneamento Básico (Sabesp) informou à Cetesb que adotou providências preventivas na estação de tratamento de água de São José dos Campos (SP) após o incidente. A empresa foi procurada na noite da sexta-feira, mas não retornou até a última atualização desta reportagem. Não há informação sobre interrupção no abastecimento de água na região. A mineradora Rolando Comércio de Areia informou apenas que está trabalhando para conter o problema. Nenhum representante da mineradora Meia Lua 1 foi localizado para comentar o assunto. A Prefeitura de Jacareí informou que a empresa responsável pelo funcionamento da mineradora foi multada pela administração municipal em R$ 11.760,00. A empresa já havia sido multada anteriormente por descumprir a legislação municipal. Como é reincidente, foi multada pelo dobro do valor.



http://g1.globo.com/