domingo, 31 de janeiro de 2016

Maior parte de Porto Alegre segue sem abastecimento de água

Dmae informa que apenas uma estação de bombeamento funciona.Toda Zona Norte da capital e região das Ilhas estão sem água.


Do G1 RS

Apenas uma estação de Porto Alegre está em funcionamento pleno neste domingo (31), informa o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae). Belém Novo é o único sistema em operação, dos seis existentes, e faz o abastecimento de bairros da Zona Sul da cidade. As estações de bombeamento de água de Porto Alegre pararam de funcionar após o temporal da noite de sexta-feira (29). Como faltou luz, os sistemas não conseguiram mais operar. Equipes da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) trabalham nas estações para religar a luz. De acordo com o Dmae, toda a Zona Norte da capital e a região das Ilhas estão sem água. A estação Menino Deus está abastecendo a região do bairro e a parte baixa do Centro Histórico. Esse mesmo sistema também está bombeando água para o Morro Santa Tereza, mas o resto da rede aguarda a volta da luz. Por volta das 11:30hs., o Dmae informou que a energia voltou à estação Moinhos de Vento, que abastece o bairro e a região central da cidade. Portanto, em breve essas regiões voltarão a ter água. O Dmae não informa, entretanto, a quantidade de clientes sem abastecimento de água.

Cerca de 140 mil clientes seguem sem luz
Além das estações de bombeamento, diversos moradores de Porto Alegre seguem sem luz. De acordo com a última atualização da CEEE, são 140 mil clientes com o problema neste domingo Destes, 85 mil seguem sem luz desde sexta. A Companhia atualizou os números e, no pico do temporal, mais de 400 mil clientes chegaram a ficar sem energia. O número antes era mais baixo porque a CEEE também teve problemas na rede e muitas informações sobre lugares desabastecidos chegaram mais tarde.


Ruas bloqueadas e semáforos desligados
Ainda há muitas árvores caídas em função do temporal. De acordo com a última contagem da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), são 17 árvores bloqueando vias, 13 pontos de acúmulo de água e 30 semáforos com problemas. As regiões mais afetadas por esses problemas são os bairros Cidade Baixa, Bom Fim, Azenha e Menino Deus.

Meteorologista vê 'grandes chances' de tornado ter atingido Porto Alegre
A avaliação dos estragos em Porto Alegre poderá determinar se a capital gaúcha foi atingida por um tornado, conforme explicou o meteorologista do Grupo RBS Cleo Kuhn no Jornal do Almoço, da RBS TV, ainda no sábado. Segundo ele, a forma como alguns materiais, como postes e semáforos, ficaram retorcidos pode apontar que o vento que atingiu os objetos de forma circular, o que é característico do fenômeno climático. "Há grande possibilidade [de que tenha sido um tornado]. A gente vê materiais retorcidos em tudo quanto é canto, e os materiais ficam retorcidos porque o vento gira. O que vai determinar se foi um tornado é a avaliação dos estragos, o jeito que as árvores quebram", explica Kuhn. O meteorologista explica que o temporal foi causado pelo encontro da frente fria que originou a chuva com uma massa de ar quente, o que ocasionou a formação de nuvens que se aproximaram do solo.

http://g1.globo.com/